Notícias



Comissão de Educação Física Escolar do CREF2/RS tem reunião com Secretaria da Educação de Porto Alegre
Postado em 02/07/2021
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Educação Física Escolar do CREF2/RS, representada por Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), Jeane Cazelato (CREF 000003-G/RS), Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS) e Ninon Leal (CREF 001350-G/RS), teve uma reunião ontem, dia 1º de julho, com a secretária da Educação de Porto Alegre Janaína Audino e com o assessor da para assuntos do Esporte Guilherme Todeschini (CREF 020335-G/RS). Também esteve presente a vereadora Comandante Nádia, que promoveu o encontro.

O intuito da reunião foi entregar para a Secretária a publicação “Recomendações de retorno às aulas presenciais de Educação Física na reabertura das escolas: COVID-19”, elaborada pela Comissão, e aproximar e fortalecer laços entre as instituições. Também foi discutida a possibilidade de trabalho conjunto em prol dos profissionais de Educação Física que atuam nas escolas do município.


educação física escolar porto alegre



Atividades de Educação Física voltam a funcionar com restrições na segunda-feira
Postado em 21/03/2021
Fonte: CREF2/RS

Na tarde de hoje, a Procuradoria-Geral do Estado obteve no Tribunal de Justiça do RS liminar suspendendo a decisão que impedia a cogestão no sistema de distanciamento controlado. Dessa forma, a partir desta segunda-feira, passa a valer a decisão do Governador e dos Prefeitos na gestão dos atos necessários ao combate da Pandemia da COVID-19.

Quanto à profissão de Educação Física, os estabelecimentos poderão ser abertos novamente. No entanto, o Decreto determina uma série de protocolos de segurança para sua abertura.

Conheça a Nota Informativa do Decreto Estadual 57.999, de 21 de março de 2021, sobre as medidas que passam a valer a partir de 22 de março.


COVID-19 ACADEMIAS RETORNO



CREF2/RS, APEF/RS E SINPEF/RS peticionam em Ação para impedir o fechamento das academias
Postado em 20/03/2021
Fonte: CREF2/RS

No início da noite de hoje, o CREF2/RS, em conjunto com a APEF/RS e o SINPEF-RS peticionou nos autos da Ação Civil Pública nº 5028176-07.2021.8.21.0001, onde foi concedida medida liminar na noite de 19/03/2021 suspendendo o retorno de regime de co-gestão, solicitando a reabertura gradual e com segurança de estabelecimentos que se encontravam em bandeira preta, entre os quais as academias de ginástica, escolas esportivas, clubes esportivos e estúdios de atividade física.

Na petição, as três entidades buscam sua habilitação como assistentes litisconsorciais do Estado do Rio Grande do Sul na lide, bem como defendem as medidas de co-gestão e a reabertura gradual dos estabelecimentos, desde que sigam rigorosamente os protocolos estabelecidos pelas autoridades sanitárias.

As entidades entendem que o simples fechamento indiscriminado das atividades dos profissionais de Educação Física, enquanto profissionais de saúde reconhecidos pelo CBO 2241, trazem mais riscos do que benefícios à comunidade gaúcha. A medida impede a atuação de profissionais de saúde habilitados, registrados e cientes dos protocolos que devem ser tomados nas atividades físicas e de reabilitação neste período de pandemia e permite a atuação dos ditos instrutores que atuam na ilegalidade, sem o conhecimento técnico, acompanhamento e fiscalização, colocando a saúde dos gaúchos em risco.

A única maneira de vencermos este período preocupante de nossa história é por meio do diálogo, conscientização e união de toda a sociedade. Atos unilaterais em nada contribuem para com a saúde da população gaúcha.


ACADEMIAS FECHAMENTO COVID19



CREF2/RS age pela garantia da Educação Física Escolar na rede municipal de Caxias do Sul
Postado em 10/02/2021
Fonte: CREF2/RS

Nessa terça-feira, dia 9 de fevereiro, o CREF2/RS teve uma reunião com a Comissão de Educação da Câmara da Municipal de Caxias do Sul. O encontro, que ocorreu por intermédio do vereador Felipe Gremelmaier, contou com a presença da conselheira do CREF2/RS Carla Pretto (CREF 006564-G/RS) e do vereador Adriano Bressan, presidente da Comissão.

A reunião teve o intuito de garantir a presença da disciplina de Educação Física na volta às aulas da rede municipal de Caxias do Sul. Na oportunidade, Carla debateu com Bressan sobre o documento com as orientações da Secretaria Municipal de Educação para o retorno das atividades. No texto, consta a suspensão das práticas esportivas e coletivas.

“A Educação Física é fundamental e importante para o desenvolvimento cognitivo da criança. Mas que não estejam previstas atividades coletivas, pode-se manter a disciplina com ginástica e alongamentos, por exemplo”, comentou Carla. No encontro, a Conselheira também ressaltou que, caso não haja aulas de Educação Física nas escolas, será desrespeitada a Lei Municipal, de autoria de Gremelmaier, que garante a essencialidade da atividade física em tempos de pandemia.

No final da reunião, Carla ainda entregou o documento com as recomendações de retorno das aulas presenciais de Educação Física, elaborado pela Comissão de Educação Física Escolar do CREF2/RS e disponível neste link para download. Bressan prometeu uma agenda com a Secretaria Municipal de Educação para tratar do assunto.


educação física escolar caxias do sul



CREF2/RS realiza webinário sobre Educação Física Escolar nesta quarta-feira
Postado em 08/09/2020
Fonte: CREF2/RS

A Comissão de Educação Física Escolar do CREF2/RS vai realizar nesta quarta-feira, dia 9 de setembro, o webinário “Desafios da Educação Física Escolar: um bate-papo informal”. O evento, marcado para iniciar às 19h, ocorrerá de maneira online e gratuita, simultaneamente no Youtube, no Facebook e no Instagram do Conselho.

Além de Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), Jeane Cazelato (CREF 000003-G/RS) e Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS), todas integrantes da Comissão de Educação Física Escolar, o webinário contará ainda com a participação dos profissionais Alessandro Gamboa (CREF 001534-G/RS), Alexandre Lazzarotto (CREF 002537-G/RS), Eliana Flores (CREF 002649-G/RS) e Elisabete Laurindo (CREF 002036-G/SC).

Durante o evento, os presentes vão falar sobre o atual momento da Educação Física Escolar, especialmente com relação ao contexto da pandemia, e sobre a publicação “Recomendações de retorno às aulas presenciais de Educação Física na reabertura das escolas: COVID-19”, lançada pelo CREF2/RS em julho. Clique aqui para baixá-la em PDF.

Conheça os participantes:

Alessandro Gamboa – Sócio-diretor da G2 Sports, personal trainer e consultor de academias, Alessandro atualmente é 2º vice-presidente do CREF2/RS, presidente da Comissão de Orientação e Fiscalização (COF) e presidente do Comitê Estadual da Educação Física no Enfrentamento da COVID-19.

Alexandre Lazzarotto – Doutor em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS, integrou o GT de Exercício Físico do Ministério da Saúde, sendo um dos autores do livro “Recomendações para a Prática de Atividades Físicas para Pessoas Vivendo com HIV e Aids”. Atua com atividades de promoção à saúde na Reserva Nacional do Niassa, em Moçambique. Também é professor e orientador do curso de Mestrado em Saúde Pública da Universidade Católica de Moçambique.

Carmen Masson – Tem especialização em Ginástica de Academia e em Condicionamento Físico e mestrado em Ciências da Saúde - Saúde Coletiva. É Mestre d’Armas pela EsEFex e ex-atleta de esgrima. Foi professora de Educação Física, técnica de esgrima, consultora do Ministério do Esporte, professora da UFRGS, coordenadora da Secretaria de Esportes de Porto Alegre, da Brigada Militar e presidente do CREF2/RS.

Eliana Flores – Graduada em Educação Física e em Direito, tem pós-graduação em Fisiologia do Exercício. Atualmente é diretora do Colégio Estadual Protásio Alves, em Porto Alegre, e membro da Comissão de Ética Profissional e de Normas e Legislação do CREF2/RS.

Elisabete Laurindo – Conselheira do CONFEF e membro da Comissão Nacional de Educação Física Escolar, tem mestrado em Gestão de Políticas Públicas. Foi supervisora de Educação Física, de gestão e diretora da Secretaria Municipal de Educação de Itajaí, assim como superintendente da Fundação Municipal de Esporte e Lazer de Itajaí. Foi coordenadora e professora do curso de Educação Física da Faculdade Avantis.

Jeane Cazelato – Integrante da Comissão de Educação Física Escolar, tem especialização em Recreação e Lazer e mestrado em Ciências Aplicadas à Atividade Física e ao Esporte. Foi presidente do CREF2/RS, conselheira do CONFEF e professora de Educação Física da rede pública e privada.

Miryam Brauch – Presidente da Comissão de Educação Física Escolar do CREF2/RS e uma das idealizadoras do Fórum de Mobilização pela Educação Física Escolar, é pós-graduada em Educação Física Escolar, Administração Escolar e Docência no Ensino Superior. Atua na rede estadual de ensino.

Webinário “Desafios da Educação Física Escolar: um bate-papo informal”
Data: 9 de setembro, quarta-feira, a partir das 19h
Evento online e gratuito, transmitido ao vivo pelo Youtube, Facebook e Instagram


educação física escolar webinário



Prefeitura de Porto Alegre autoriza funcionamento de academias a partir desta terça-feira
Postado em 11/08/2020
Fonte: CREF2/RS

A Prefeitura de Porto Alegre publicou, na noite de ontem, uma nova normativa que autoriza a retomada de diversas atividades econômicas, com restrições semelhantes àquelas definidas pelo Governo Estadual. O Decreto 20.683, que volta a liberar o funcionamento de academias e de centros de treinamento, passa a valer já a partir de hoje, dia 11 de agosto.

O Decreto 20.683 é fruto do empenho do CREF2/RS. Em abril, o Conselho elaborou e divulgou o primeiro guia com procedimentos para a reabertura de academias. Já o Comitê Estadual da Educação Física no Enfrentamento da COVID-19, desde o início de julho, vem realizando diversas reuniões com representantes da Prefeitura, com o objetivo de garantir o retorno das atividades dos profissionais de Educação Física. Na última quinta-feira e sexta-feira, os conselheiros Alessandro Gamboa (CREF 001534-G/RS), Luciane Citadin (CREF 000100-G/RS), Carla Pretto (CREF 006564-G/RS) e Claudio Franzen (CREF 003304-G/RS) participaram de um encontro virtual com o prefeito Nelson Marchezan e com demais Secretários, que definiu os últimos detalhes do decreto.

“Existem peculiaridades dentre os 497 municípios gaúchos que impedem de serem tratados de modo totalmente uniforme. Há características de concentração populacional, estruturas de saúde, transporte público e atividades econômicas. Uma mesma regra, para cidades com realidades distintas, termina não sendo adequada para nenhuma delas”, argumenta o secretário-extraordinário de Enfrentamento ao Coronavírus Bruno Miragem.

Confira mais detalhes sobre a área da Educação Física no novo decreto:

Academias – Permitidas, de segunda a sexta-feira, inclusive em clubes sociais, shoppings centers e centros comerciais. Atendimento ao público deverá ocorrer de forma individualizada, sem aulas coletivas, sempre limitada a um aluno a cada 16 metros quadrados, podendo ser acompanhado por um profissional. Em condomínios, vale a regra do uso individualizado ou por coabitantes da mesma residência.

Prática de esportes – Está permitida a prática de esportes individuais sem contato físico.

Proibições mantidas – Quadras de esportes coletivos e atividades de ensino escolar.


academias porto alegre



CREF2/RS disponibiliza documento com recomendações após retorno às aulas de Educação Física nas escolas
Postado em 29/07/2020
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS criou um documento com recomendações após o retorno às aulas de Educação Física nas escolas. A publicação, elaborada pela Comissão de Educação Física Escolar, está disponível para download aqui.

Levando em consideração a importância da Educação Física e a preocupação com o retorno às aulas, o documento “Recomendações de retorno às aulas presenciais de Educação Física na reabertura das escolas: COVID-19” apresenta um protocolo a ser seguido pela equipe técnica das escolas. O objetivo desta publicação é sensibilizar professores e demais membros do quadro pedagógico das unidades de ensino, no intuito de seguirem as orientações da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde e dos demais órgãos estaduais e municipais, orientando os alunos e as suas famílias sobre as medidas de prevenção ao contágio pelo coronavírus.

“O plano de retorno às atividades diante da pandemia vai exigir cuidados específicos e, para reduzir o risco de contaminação, será preciso que a sociedade esteja plenamente engajada para aderir às novas normas de convívio social e às novas rotinas no interior das unidades de ensino”, frisa o documento. Além de diversas recomendações, a publicação ainda reúne protocolos de segurança, medidas de higienização, de proteção, de monitoramento e de avaliação, assim como outras orientações sobre o uso de máscara e sobre a dinâmica das aulas.

A Comissão de Educação Física Escolar do CREF2/RS é formada por Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), Clery de Lima (CREF 000297-G/RS), Jeane Cazelato (CREF 000003-G/RS), Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS) e Ninon Leal (CREF 001350-G/RS).


Educação Física Escolar covid-19



Instagram do CREF2/RS promove mais duas lives
Postado em 24/07/2020
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS vai dar continuidade, nos próximos dias, às suas lives pelo Instagram. Na terça-feira, dia 28 de julho, Ednei Torresini (CREF 003786-G/RS) irá abordar o tema “Educação Física nos cruzeiros marítimos: nova possibilidade de atuação”.

Já na quinta-feira, dia 30 de julho, o Conselho vai receber Bruno Araújo (CREF 012860-G/RS), para a apresentação “Estúdios de personal trainer: planos estratégicos para retorno das atividades durante a pandemia”. As transmissões iniciarão às 17h e às 20h, respectivamente.

Torresini é graduado em Educação Física pela UFSC, pós-graduado em gestão e marketing esportivo e ex-atleta de futsal. Atuou em academias, clubes, escolas e resorts. É um dos primeiros profissionais de Educação Física do Rio Grande do Sul a desempenhar a função de instrutor esportivo em cruzeiros marítimos, com diversas viagens internacionais realizadas pela empresa italiana Costa Cruzeiros. É preparador físico da seleção brasileira de futebol masculino para surdos.

Graduado em Educação Física pela UFpel e pós-graduado em Reabilitação Cardíaca pela Universidade Gama Filho, Bruno é conselheiro do CREF2/RS e sócio-proprietário da Academia Moinho Fitness, em Pelotas.

As lives do CREF2/RS ficam salvas no IGTV do Instagram. Clique aqui para conferir as edições passadas.

Confira a programação:

28 de julho, terça-feira, às 17h
Ednei Torresini (CREF 003786-G/RS)
Educação Física nos cruzeiros marítimos: nova possibilidade de atuação

30 de julho, quinta-feira, às 20h
Bruno Araújo (CREF 012860-G/RS)
Estúdios de personal trainer: planos estratégicos para retorno das atividades durante a pandemia


lives Instagram



CREF2/RS coloca-se à disposição do Governo Estadual para elaborar retomada da Educação Física Escolar
Postado em 02/06/2020
Fonte: CREF2/RS

Na última semana, o Conselho enviou ao Governo Estadual um ofício, em que se coloca à disposição para contribuir na elaboração de protocolos para a retomada das aulas de Educação Física na rede pública de ensino. O documento, que foi uma iniciativa da Comissão de Educação Física Escolar do CREF2/RS, também cita a disponibilidade de seus membros para trabalharem conjuntamente com a Secretaria da Educação, para que possam construir assim uma disciplina melhor e mais preocupada com a promoção da saúde, com a socialização e com o prazer de realizar exercícios físicos, assim como na capacitação de professores.

Encaminhado ao governador Eduardo Leite e ao secretário da Educação Faisal Karam, o ofício ainda salienta que o retorno das aulas é uma realidade e que precisa ser feito de forma gradual e segura. “Considerando que os tempos são outros e que se faz necessário uma modernização no ensino, aliando as tecnologias atuais, as aulas práticas e os meios virtuais devem ser levados em conta, já que a sua utilização serve como motivação e aderência do aluno ao programa de ensino”, frisa o documento.

A Comissão de Educação Física Escolar do CREF2/RS é formada por Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), Clery de Lima 9CREF 000297-G/RS), Jeane Cazelato (CREF 000003-G/RS), Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS) e Ninon Leal (CREF 001350-G/RS).


Educação Física Escolar Escolas



CREF Serra retoma atividades na próxima semana
Postado em 14/05/2020
Fonte: CREF2/RS

Após um período que teve o seu funcionamento suspenso por conta do coronavírus (COVID-19), o CREF Serra irá retomar as suas atividades já na próxima semana. O atendimento no local, sempre às quintas e sextas-feiras, será feito das 10h às 15h, mediante agendamento neste primeiro momento. Clique aqui para fazer o seu.

Informações sobre o retorno da sede em Porto Alegre serão divulgadas em breve.

CREF Serra
Atendimento nas quintas-feiras e nas sextas-feiras, das 10h às 15h
Endereço: Avenida Rio Branco, 840/703 – Bairro São Pelegrino
Agendamento neste link


CREF Serra coronavírus COVID-19



CREF2/RS disponibiliza manual de reabertura de academias em meio ao coronavirus
Postado em 17/04/2020
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS, em parceria com o CREF4/SP, está disponibilizando um manual com informações de segurança para a reabertura de academias, em meio à pandemia do coronavírus (COVID-19). O documento pode ser acessado neste link e as suas diretrizes devem ser seguidas por todos os profissionais de Educação Física e empresários da área, tão logo os órgãos públicos autorizem o retorno das atividades destes estabelecimentos.

O guia informativo, construído a partir das orientações divulgadas recentemente pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial de Saúde (OMS), explica como deve ser feita a limpeza geral dos ambientes, quais são os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) que precisam ser utilizados por funcionários, personal trainers e terceirizados, e quais medidas operacionais preventivas também deverão ser tomadas, para que se evite a disseminação do COVID-19.

Outras publicações do CREF2/RS, sobre os mais variados temas relacionados à Educação Física, estão disponíveis aqui.


coronavírus COVID-19



CREF2/RS solicita inclusão da Educação Física no rol dos serviços essenciais durante coronavírus
Postado em 13/04/2020
Fonte: CREF2/RS

O CREF2/RS enviou na última segunda-feira, dia 13 de abril, um ofício ao Governo Estadual do Rio Grande do Sul, à Associação Gaúcha dos Municípios, à Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (FAMURS) e à Prefeitura Municipal de Porto Alegre solicitando a inclusão da Educação Física no rol dos serviços essenciais em meio à pandemia do coronavírus (COVID-19).

O documento, que pede a flexibilização do Decreto Estadual nº 55.154, tem o intuito de que não seja mais vedada a possibilidade de prestação dos serviços relacionados à Educação Física em academias, centros de treinamento e ao ar livre, sempre observando as normas de distanciamento social, higienização e do uso de EPI’s, conforme orientação do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde.

Na solicitação encaminhada aos quatro órgãos, o CREF2/RS salienta os benefícios decorrentes do aprimoramento do condicionamento físico através da prática de exercícios, principalmente no contexto atípico atual. “A obtenção e a manutenção da boa saúde se faz de suma importância para a minimização das internações na rede hospitalar”, frisa. O ofício tem como base um informe da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte, sobre exercício físico e coronavírus, que confirma a necessidade da prática de atividades físicas para a melhora da função imunológica, otimizando assim as defesas do organismo diante de agentes infecciosos, assim como para a redução de doenças como diabetes e hipertensão, entre outras patologias que elevam os riscos de morte diante do COVID-19.

Por fim, o documento destaca que o retorno da prestação dos serviços de Educação Física também assegura a subsistência dos profissionais de Educação Física autônomos, bem como ameniza a possibilidade de extinção, devido à inviabilidade econômica, de diversas empresas que atuam nesta área.


coronavírus COVID-19



CREF2/RS discute na Câmara da capital políticas públicas e solução para professores devolvidos à SMED
Postado em 27/03/2019
Fonte: CREF2/RS

O presidente José Edgar Meurer (CREF 001953-G/RS) e a conselheira Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) estiveram representando o CREF2/RS na reunião da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude da Câmara Municipal de Porto Alegre, nesta terça-feira, dia 26 de março. Eles foram ouvir os esclarecimentos de Rodrigo Kandrik, diretor-geral de Esporte, Recreação e Lazer da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, sobre a retirada de professores de Educação Física de centros comunitários da capital e do próprio Ginásio Tesourinha, bem como sobre o sucateamento dos equipamentos esportivos municipais.

Segundo o Kandrik, os professores foram devolvidos à Secretaria Municipal de Educação (SMED) por conta de uma determinação do Ministério Público. Nelci Girardi, representante do Parque Alim Pedro, contestou a informação e reclamou sobre o desmonte da antiga Secretaria Municipal de Esporte. Segundo ela, muitas crianças em vulnerabilidade, frequentadoras da atividade no Alim Pedro, abandonaram os programas de prática desportiva. “Nunca vi uma economia tão burra”, advertiu. Élida Machado, do Centro Comunitário Parque Madepinho, também manifestou a sua contrariedade quanto à suspensão das atividades de ginástica artística no local. Para ela, está em curso um plano para privatizar parques e praças da cidade, prejudicando a prática esportiva em áreas públicas da cidade.

O Presidente do CREF2/RS iniciou a sua fala ressaltando o suporte histórico que o poder público municipal porto-alegrense sempre deu à atividade física na cidade, desde 1926 com a oferta de recreação pública à população. Meurer afirmou que este pioneirismo não deveria ser perdido, pois colocaria em risco a saúde da população.

Em nome do Conselho, Meurer cobrou uma definição sobre o futuro dos 14 professores de Educação Física, originários da extinta SME. “O Ministério Público exigia a volta dos docentes das disciplinas de matemática e português, não havendo nenhuma decisão jurídica sobre o retorno de professores de Educação Física. Mas, mesmo assim, eles foram retirados das comunidades, onde prestavam serviços relevantes, e foram realocados no suporte em bibliotecas e em afazeres burocráticos", criticou. "Além dos índices alarmantes de sedentarismo e doenças associadas, a retirada destes profissionais de Educação Física deixa sem atendimento uma fatia considerável da população”.

Foto: Elson Sempé Pedroso/CMPA


Políticas Públicas



CREF2/RS se reúne com titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte da capital
Postado em 26/02/2019
Fonte: CREF2/RS

O presidente do CREF2/RS, José Edgar Meurer (CREF 001953-G/RS), e seu 1º secretário, Claudio Franzen (CREF 003304-G/RS), reuniram-se ontem, dia 25, com a secretária Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte de Porto Alegre (SMDSE), Nádia Gerhard. Durante o encontro, foi discutida a situação dos professores cedidos em 2010 à SMDSE pela Secretaria Municipal de Educação, e que foram convocados para que retornem às escolas da rede municipal de ensino. Também foi colocado em pauta a reativação dos projetos sociais envolvendo atividades físicas bem como a parceria entre as associações de frequentadores e os aparelhos esportivos da Prefeitura, visando uma melhor conservação destes locais.

Segundo Meurer, sempre houve demanda para esportes na cidade. Mas partir de 2010, iniciou-se um incremento na busca da população por atividades física em Porto Alegre, que já estavam em uma curva ascendente. Por outro lado, o quadro funcional da Secretaria de Esportes era insuficiente para esta suprir esta procura. Devido a este gargalo, houve um acordo entre os secretários de Esporte e da Educação para que cedesse alguns professores aprovados em um concurso aberto da SME à pasta dos Esportes.

Ao longo do tempo, conforme as possibilidades, foram cedidos 32 professores, ao mesmo tempo que se chamavam alguns extras para atender a área do esporte. "E eles estavam atendendo com louvor a grande carência que a cidade enfrenta em relação às atividades esportivas. Quando o atual governo assumiu, houve um acordo entre prefeito, secretários e funcionários, no qual devolveu à pasta original 14 professores. Na SMDSE permaneceram apenas 18 professores além dos professores da SME para atender todos os equipamentos esportivos da prefeitura, como Ginásio Tesourinha, Parque Marinha do Brasil, CECOPAM e tantos outros", explicou Meurer. O secretário Claudio Franzen complementou que uma das bandeiras do CREF2/RS é que profissionais de Educação Física ocupem os postos estratégicos vinculados às políticas esportivas tanto no estado como no município.

Segundo a secretária Nádia, os professores cedidos estão exercendo sua atividades e prestando um serviço essencial à sociedade com seus serviços "Mas esta questão agora está centralizada no prefeito Marchezan Jr". Nádia prometeu envidar esforços junto ao prefeito para o retorno dos professores para atuarem com esporte, recreação e lazer na SMDSE.

O presidente do CREF2/RS também lembrou à secretária da importância de se manter parcerias com as associações de frequentadores dos equipamentos esportivos da Prefeitura, pois elas seriam as principais mantenedoras destes locais. Meurer lembrou o episódio do destalhamento e inundação do Ginásio Tesourinha, e revelou que grande parte da recuperação do equipamento foi realizado graças à associação dos frequentadores do ginásio. Nádia explicou que uma decisão da Procuradoria-Geral do Município (PGM) inviabilizou as parcerias, impedindo que a secretaria receba dinheiro destas associações.

O último assunto a ser tratado foi a a reativação dos projetos sociais envolvendo atividades físicas. Estabeleceu-se um consenso entre os participantes que há uma grande carência na área, e o CREF2/RS se disponibilizou a auxiliar no retorno destas atividades tão importantes para as populações carentes e vulneráveis.


SMDSE



CongregraCREF tem palestra sobre O profissional de Educação Física na prevenção da hérnia de disco
Postado em 09/08/2018
Fonte: CREF2/RS

Para comemorar o Dia do Profissional de Educação Física, celebrado em 1º de Setembro, o CREF2/RS realizará o CongregaCREF – IV Seminário Sul Brasileiro de Educação Física, que tem como objetivo promover o conhecimento e a qualificação dos profissionais. O evento ocorrerá em Porto Alegre nos dias 24 e 25 de agosto de 2018, no Centro Universitário Metodista IPA - Auditório da Biblioteca, rua Coronel Joaquim Pedro Salgado, 80. O Seminário terá seis palestras, abrangendo uma ampla área de conhecimentos, desde novidades técnicas e de treinamento, as conquistas e os desafios destes 20 anos de regulamentação da profissão, as tendências mundias do mercado fitness, entre outros.

A partir desta semana, o CREF2/RS divulgará os detalhes dos temas que serão abordados nas palestras do evento. Neste texto, Robson Santos (CREF 021677-G/RS) apresenta alguns aspectos da sua conferência “O profissional de Educação Física na prevenção da hérnia de disco”, que ele ministrará no sábado, dia 25 de agosto, às 14h45min. Segundo Robson, é importante que o profissional de Educação Física saiba lidar com o medo das pessoas ao realizar certos exercícios, principalmente após lesões, e que conceba treinos e evoluções com um prognostico onde seu aluno participe das escolhas. “Mas demonstrando a ele sua responsabilidade na prevenção de uma nova lesão após o retorno à atividade física, pois nem todos responderão ao mesmo estímulo para a execução do treinamento, e gritar com os alunos e falar que sempre é necessário sentir dor já não é o estímulo certo, já que sendo otimista, apenas 15% da população se mantém ativo o ano todo, portanto é necessário procurar motivações distintas para pessoas singulares, como ponto central da prática de exercícios sem sofrimento contínuo”, avalia.

Robson defende que o CongregaCREF promove junto aos Profissionais e aos estudantes Educação Física o debate sobre a formação profissional, as políticas educacionais e as novidades nas escolas, faculdades, academias, clubes, laboratórios, além de outros espaços. “No meu caso, tenho um trabalho interdisciplinar com fisioterapeutas, objetivando o retorno a uma vida sem dor após lesões, mas para que isso ocorra é essencial que o profissional saiba o que e como fazer com cada indivíduo nos seus objetivos, já que nossa intervenção na saúde é integral, e não apenas estética”, defende.

O palestrante é pós-graduado em Reabilitação de Lesões Muscuoesqueléticas. Ele foi um dos finalistas do prêmio Top Trainer Brasil 2017, que elegeu o melhor personal trainer do país no ano passado. Ele também possui certificação em treinamento físico pela World Top Trainer Certification e em reabilitação de lesões pela organização norte-americana Premier Health

CongregaCREF - IV Seminário Sul Brasileiro de Educação Física
Data: sexta-feira, 24, e sábado, 25 de agosto de 2018
Local: Centro Universitário Metodista IPA - Auditório da Biblioteca
Endereço: Rua Coronel Joaquim Pedro Salgado, 80 - Porto Alegre/RS
Período de inscrições: de 27 de julho a 23 de agosto

Inscrição gratuita - clique aqui.
Indispensável apresentação de Cédula de Identidade Profissional ou carteira de estudante válida.


CongregaCREF



Presidente do CREF2/RS visita academia INEEX
Postado em 26/01/2018
Fonte: CREF2/RS

A presidente do CRE2/RS Carmen Masson (CREF 001910-G/RS) visitou ontem, dia 25, as instalações da academia INEEX (PJ-004519), localizada na Praça Japão, em Porto Alegre. A Academia, uma das mais modernas do estado, está aberta desde abril de 2017. Carmen foi recebida pelo consultor técnico Fábio Saba (CREF 000007-G/SP) e pelo diretor-executivo Paulo Rocha. A visita serviu para aproximar a empresa junto ao Conselho, bem como demonstrar que todos os profissionais de Educação Física que atuam no estabelecimento são registrados no CREF2/RS, bem como conhecer as instalações do estabelecimento.

Segundo Rocha, o empreendimento foi idealizado pela família Fiss, conhecida por atuar na área de refrigeração. "Os quatro sócios Alexandre e Valesca Fiss, Caroline Zanon De Lorenzi e André De Lorenzi idealizaram o projeto, que surgiu da afinidade familiar (Alexandre e Valesca são tios de Caroline) e também de aptidões pessoais, uma vez que três são empresários, e André, atleta profissional de natação. O projeto da arquiteta paulista Patricia Totaro".

O profissional de Educação Física Fábio Saba afirmou que o objetivo da academia é contribuir na mudança de comportamento, cuidando da saúde e bem-estar através das diversas modalidades oferecidas. “Queremos que o exercício físico faça parte da rotina de forma prazerosa e saudável. Na verdade, trabalhamos com o conceito de centro de bem-estar, onde as pessoas também frequentam em busca de socialização”.

Ele explicou que quando o cliente entra nas dependências da academia, se sente completamente acolhido. "Há todo um sistema de setorização, para que ninguém se sinta abandonado. Para otimizar a proposta, todos os professores trabalham com intercomunicadores", explica. Saba afirmou que a academia está em constante contato com seus frequentadores, procurando saber os motivos de faltas, gerando a partir deste contato programas atrativos para seu retorno. Para Carmen, esta é uma tendência de sucesso. "Você sempre volta onde se é bem tratado. E isto eu percebo no Conselho, pois noto a necessidade das pessoas serem ouvidas".

Todos os professores da INEEX têm carteira de trabalho assinada e contam com área de convívio totalmente equipada. "Além disto, somos a única academia no Brasil que conta com professores com o título de doutorado". Os equipamentos utilizados são da Life Fitness, marca internacionalmente reconhecida por sua qualidade, design ergonômico, tecnologia e funcionalidades. Entre as modalidades oferecidas, estão ABS&Legs, Bike, Hidroginástica e natação, Jiu Jitsu, Judo, musculação, yoga e alongamento.


Academias



Educação Física permanece obrigatória no Ensino Médio
Postado em 16/02/2017
Fonte: CONFEF

Na última quarta-feira, 08/02, o Plenário do Senado aprovou a Medida Provisória do Novo Ensino Médio, com 43 votos favoráveis e 13 votos contrários ao Projeto de Lei de Conversão (PLV) 34/2016 - proposta originada após alterações promovidas na MPV 746/2016 pela Comissão Mista e pela Câmara dos Deputados.

O texto aprovado na Câmara dos Deputados determina que a Base Nacional Comum Curricular deverá incluir, obrigatoriamente, estudos e práticas de Educação Física. A matéria segue à sanção presidencial.

Mais do que uma vitória para a categoria, a decisão é de extrema importância para as crianças e jovens que encontram na disciplina um importante aliado no desenvolvimento dos conhecimentos básicos em relação à instrução física, ao bem-estar e às capacidades físicas. Quando devidamente organizada, ensinada e, dotada de recursos, a Educação Física pode oferecer uma ampla gama de benefícios aos indivíduos, às famílias, às comunidades e à sociedade em geral, conforme orientação da Carta Internacional da Educação Física, da Atividade Física e do Esporte (UNESCO).

Entenda a tramitação

O Governo Federal encaminhou ao Congresso Nacional, no dia 22/09, a Medida Provisória (MP) 746/2016 para reestruturação do Ensino Médio. A MP alterava, entre outros, o Art.26 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) e a disciplina de Educação Física, que antes era prevista em todas as etapas da Educação Básica (Infantil, Fundamental e Médio), passava a ser obrigatória apenas nos ensinos Infantil e Fundamental.

A partir do anúncio da MP, o Sistema CONFEF/CREFs se mobilizou junto aos parlamentares, Profissionais de Educação Física e a sociedade como um todo. As ações incluíram participação em Audiências Públicas, visitas a gabinetes de Deputados, Senadores e Ministro da Educação. Devido a mobilização, antes de seguir para análise da Comissão Mista (formada por Deputados e Senadores), a MP recebeu 568 emendas de 93 parlamentares. Entre as mudanças sugeridas, a obrigatoriedade da Educação Física esteve presente em grande parte das emendas.

Logo em seguida, a Comissão Mista foi instaurada sob presidência e vice-presidência do deputado Izalci Lucas e senador Elmano Férrer, respectivamente, e relatoria do senador Pedro Chaves. A comissão aprovou alterações na MP, como o retorno das disciplinas de Educação Física e Artes. O texto, como Projeto de Lei de Conversão (PLC) 34/2016, seguiu para análise dos Plenários da Câmara e do Senado Federal. No Senado, a MP foi aprovada e segue para sanção presidencial.


Educação Física Escolar



Reforma do Ensino Médio deve ser 1º projeto votado pelo Senado em 2017
Postado em 05/01/2017
Fonte: G1

A reforma do ensino médio deve ser o primeiro projeto votado pelo Senado no retorno das atividades no dia 2 de fevereiro, segundo nota publicada no site da Agência Senado.O projeto é alvo de críticas de especialistas e recebeu mais de 500 emendas. Estudantes de todo o país ocuparam instituições de ensino em protesto às mudanças.

A proposta da reforma foi apresentada pelo governo federal no dia 22 de setembro. Por ser uma medida provisória, ela passa a entrar em vigor imediatamente após a sua edição pelo Executivo. Mas, para virar lei em definitivo, precisa ser analisada em uma comissão especial do Congresso e depois aprovada pela Câmara e pelo Senado em até 120 dias para não perder a validade. O prazo vence no dia 2 de março.

A Câmara dos Deputados concluiu, no dia 13 de dezembro, a análise da Medida Provisória que reformula o ensino médio. Durante a sessão, os deputados aprovaram tornar obrigatória a inclusão dos estudos de Filosofia e Sociologia nessa fase de ensino.

O chamado "texto-base" da MP - que retomou a obrigatoriedade das disciplinas de Educação Física e Artes, foi aprovado, mas, para concluir a análise da medida, os deputados precisavam votar sugestões de alteração à proposta original. A matéria será votada agora pelo Senado Federal.


Reforma do ensino médio